terça-feira, 11 de outubro de 2011

Cúpula da Celac terá presença de 33 governos da América Latina

A 3ª Cúpula da América Latina e o Caribe sobre Integração e Desenvolvimento, cuja realização deverá completar o processo de constituição da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e do Caribe (Celac), contará com a presença dos 33 governos da região. O evento ocorrerá em dezembro.

Via Vermelho, com informações da Ansa

O anúncio foi feito pelo presidente da Venezuela, Hugo Chavez, à emissora estatal de TV Venezolana de Televisión (VTV).

A reunião, prevista originalmente para 5 de julho, data do Bicentenário da Independência da Venezuela, irá acontecer em Caracas nos dias 2 e 3 de dezembro. O adiamento ocorreu em decorrência dos problemas de saúde de Chavez, anfitrião do encontro, que, após detectar um câncer, em junho, foi submetido a quatro sessões de quimioterapia.

“Já a esta altura todos os governos convocados confirmaram a participação na cúpula”, disse o mandatário. “Temos muita expectativa de que em Caracas nasça a Celac”, acrescentou sobre o que seria o primeiro órgão a reunir todos os países da América Latina e Caribe, sem a presença dos Estados Unidos e do Canadá.

O presidente também declarou que é preciso cuidar da estabilidade da região “e contribuir para criar na América Latina uma zona de paz, uma zona verdadeiramente democrática, que comece a irradiar para o mundo soluções econômicas, distantes do neoliberalismo e do capitalismo”. 

O chefe de Estado também anunciou que assim que voltar de Cuba, para onde viajará no fim de semana para se submeter a novos exames médicos, determinará a data para a reunião da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (Alba).

Além disso, ele ainda disse que marcará “um conjunto de visitas que tenho pendentes na agenda” com os presidentes da Colômbia, Juan Manuel Santos, do Brasil, Dilma Rousseff, e da Argentina, Cristina Kirchner, “depois dela ser reeleita”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário