quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Blogueira Yoani Sanchez é colaboradora do Instituto Millenium

Blogueira cubana integra grupo de colaboradores do instituto financiado pelos grupos midiáticos O Estado de S.Paulo, Editora Abril e RBS, entre outras empresas, para defender valores liberais no Brasil. Na página da entidade, Yoani Sanchez desfruta a companhia de articulistas como Reinaldo Azevedo, Denis Rosenfield, Ali Kamel, Merval Pereira, Marcelo Madureira, Carlos Alberto Sardenberg e Carlos Alberto Di Franco, um dos integrantes mais ilustres da Opus Dei no Brasil.


A blogueira cubana Yoani Sanchez é colaboradora do Instituto Millenium, entidade financiada por um grupo de grandes empresas de comunicação (O Estado de S.Paulo, Editora Abril e RBS) e de outros setores (Gerdau, Vale, Suzano, entre outras), para defender os valores liberais no Brasil. Entre eles, segundo informa o site da entidade, destacam-se a eficiência, a economia de mercado, a responsabilidade individual, a propriedade privada e a meritocracia.

Apresentada como webmaster, articulista, editora do portal “Desde Cuba” e criadora do site Generación Y, Yoani Sanchez faz parte do seleto grupo de colaboradores do Millenium que reúne nomes como Reinaldo Azevedo, Denis Rosenfield, Ali Kamel, Merval Pereira, Marcelo Madureira, Carlos Alberto Sardenberg e Carlos Alberto Di Franco, um dos integrantes mais ilustres da Opus Dei no Brasil.

Apesar de se apresentar como “apartidário”, o Instituto Millenium teve uma participação ativa na campanha presidencial de 2010 no Brasil. Em março daquele ano, em seminário promovido pelo instituto em São Paulo, representantes de grandes empresas de comunicação do país afirmaram que o PT é um partido contrário à liberdade de expressão e à democracia e que, se Dilma fosse eleita, o “stalinismo seria implantado no Brasil”. “Então tem de haver um trabalho a priori contra isso, uma atitude de precaução dos meios de comunicação. Temos de ser ofensivos e agressivos, não adianta reclamar depois”, disse na época o ex-cineasta Arnaldo Jabor.

Um comentário:

  1. Todo comunista é por excelência BURRO, sectário e ignorante. Mal sabem estes idiotas que proclamam o ódio contra o "imperialismo" que o país que mais ajuda Cuba é exatamente os Estados Unidos da America que concederam nestes ultimos 50 anos DOIS MILHÕES de vistos de permanência difinitiva no país para dissidentes perseguidos pela DITADURA DOS CASTRO, gente que chegou a nado e em embarcações precárias no sul da Florida. Com isso, os dissidentes bem recebidos e LIVRES naquela prospera e poderosa nação para prosperarem economicamente, enviam anualmente para a Ilha Prisão cerca de DOIS BILHOES de dólares a titulo de ajuda financeira para seus parentes, o que ajuda sobremaneira a fragilizada e combalida economia cubana.

    O comunismo de Stalim, de Mao, de Pol Pot, dos Castro e de outras pústulas assassinas que ceifaram quase 100 milhoes de vidas por onde passaram, é o irmão siamês do nazismo e devia ser combatido pelo mundo afora da mesma forma como fazem contra o regime de Hitler.

    ResponderExcluir