terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Cordel: Havana, linda menina

Jetro Fagundes, via Quem tem medo da democracia?

Quem já foi a Havana, cubana
histórica, tradicional, cultural
nunca esquecerá essa soberana
magnífica, monumental capital

Cidade da província de La Habana
tem um clima tropical de agradar
a monumental, histórica Havana
é influenciada pelo caribenho mar

Lugar das colunas, dos pilares
de importantes eventos culturais
Havana tem encantado os olhares
de poetas até de outros locais

Linda Havana recanto da cultura
que respira memórias de José Martí
é cheia de eclética arquitetura
quem vai ali não quer mais partir

Chamada de a Cidade das Colunas
por Alejo Carpentier, um escritor
Havana é uma educadora, aluna
que faz o seu dever com primor

Menina que desafiou o imperialismo
não tem problemas com desnutrição
eliminou o mal do analfabetismo
levando a sério a área da educação

Havana lembra a la querida e clara
La entrañable transparência memorial
da presença do Comandante Guevara
cantado por Carlos Puebla imortal

Companheira da cantoria serena
de um Clube Buena Vista Social
e tem diurnas serenatas pequenas
de Sílvio Rodriguez poeta genial

Cidade impressionante, envolvente
parada no tempo, mas dá para notar
que consegue unir passado e presente
cabeça erguida não para de caminhar

Monumentos singelos e gigantescos
fizeram com que a Havana Capital
fosse um dia tombada pela Unesco
como Patrimônio Histórico Mundial

Sua gente que ama a salsa, o mambo
vive a vida consciente a contemplar
a beleza de peitar dragões, rambos
e na base da resistência popular

Capital da realidade nua e crua
é vítima de cruel bloqueio comercial
mas ali nenhum menino dorme na rua
e ninguém morre em filas de hospital

O seu povo hospitaleiro, animado
gente de elevado nível educacional
é consciente e altamente politizado
pena não ter vez na mídia global

Se ali existe alguém insatisfeito?
Claro, isso é algo pra lá de normal
Apesar de não ter sistema perfeito
é bem melhor que o capitalismo canibal

Cidade favorita de muitos turistas
Havana é centro de peregrinação
principalmente da gente socialista
que admira Cuba, a soberana nação

Em Havana você passeia, veraneia
com os ventos que vivem a costear
se esticando em quilômetros de areias
bem claras, com corais, no azul do mar

Perseguido pela besta do imperialismo
que promove terrorismos internacionais
este lugar busca saída no turismo
pra resolver os seus problemas sociais

Linda Havana da cultura, arquitetura
dizem que é impossível te esquecer.
Os que cantam tua histórica bravura
ah, juro que aprendem a te querer

Menina do encanto mais encantado
eu conheço tanta gente por aqui
que fica com os olhos marejados
cantando Hasta Siempre para ti

São pessoas que admiram tua beleza
teu carisma, tua coragem, determinação
admiram a dignidade, força, grandeza
da Ilha que não se curva ante o dragão

Jetro Fagundes é farinheiro marajoara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário