terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Fidel Castro se encontra com intelectuais de 22 países em Havana


“Tem de lutar, não podemos nos deixar vencer pelo pessimismo. É o nosso dever”, disse Fidel.

Por mais de nove horas Fidel Castro conversou com intelectuais de 22 países. Entre os presentes estavam Adolfo Perez Esquivel, Prêmio Nobel de la Paz; Sergio Pitol, Prêmio Cervantes 2005. Também estiveram presentes Stella Calloni, Carlo Frabetti, Francois Houtart, Frei Betto, Ignacio Ramonet, Atilio Borón, Farruco Sesto, Miguel Bonasso, Carmen Bohórquez, Peter Phillps, Santiago Alba e Mayda Acosta.




Nenhum comentário:

Postar um comentário