sexta-feira, 2 de março de 2012

Cuba cria ministérios de Indústria e Minas e Energia

Reestruturação faz parte de aperfeiçoamentos dos organismos centrais do Estado


O governo de Cuba anunciou na quinta-feira, dia 1º, a criação de dois novos ministérios a partir da reformulação do atual Minbas (Ministério da Indústria Básica). As novas pastas serão divididas entre Minas e Energia e Indústria. O acordo foi fechado em uma reunião ampliada do Conselho de Ministros realizada na última semana.

O novo Ministério de Minas e Energia se encarregará do setor de petróleo, energia elétrica e mineração, enquanto o da Indústria será criado a partir da fusão dos setores de siderurgia, indústria leve e química.

Esta reestruturação ministerial faz parte do plano de aperfeiçoamento dos organismos da Administração Central do Estado e corresponde à intenção do governo de Raul Castro de avançar “na separação de funções estatais e empresariais”, segundo a imprensa cubana.

Durante a reunião do Conselho de Ministros, Raul Castro também afirmou querer pôr ordem nas questões urbanísticas do país, onde, segundo disse, a solução não é proibir a construção, mas indicar onde e como fazê-lo.

Raul Castro indicou que as carências de moradia em Cuba não podem ser motivo para ilegalidade e advertiu que a Procuradoria Geral da República tem poderes para agir contra os infratores para não dar margem à impunidade.

Entre outros temas, o governo cubano também analisou a situação da atual safra açucareira que, segundo os meios oficiais, apresenta “demora” por falhas técnicas na moagem dos engenhos, dentre outros motivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário