terça-feira, 10 de abril de 2012

Fidel ironiza ausência de Cuba na Cúpula das Américas

Via Sul 21

O ex-presidente de Cuba Fidel Castro comentou na segunda-feira, dia 9, em suas tradicionais Reflexões, divulgadas pela imprensa cubana, a exclusão de seu país da 6ª Cúpula das Américas. Fidel riu da situação e afirmou que considera um paradoxo proibir a presença da delegação cubana e, ao mesmo tempo, permitir o uso das guayaberas, como são conhecidas as camisas tropicais caribenhas. A vestimenta é originária do Rio Yayabo, em Cuba, e, por isso, um dos símbolos da cultura cubana.

Recentemente, a imprensa mundial divulgou que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, usará uma guayabera no encontro continental que ocorrerá na cidade colombiana de Cartagena das Índias. “O curioso é que Cuba está proibida nesta reunião; mas as guayaberas, não. Quem pode aguentar a piada?”, escreveu Fidel.

O ex-líder também comentou a visita que a presidente Dilma Rousseff realiza na segunda-feira, dia 9, a Washington e disse que sua presença “servirá para que Obama se convença de que a América Latina está longe de ser um coro de países exigindo esmolas”.

Ele ainda criticou o primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, que se opôs à participação do Estado cubano na Cúpula das Américas, e atestou que os ianques impõem prejuízos ao povo canadense com a exploração de petróleo por petrolíferas norte-americanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário