sábado, 26 de maio de 2012

Internet: Cabo de fibra ótica venezuelano chega a Cuba


O governo da Venezuela informou que o cabo de fibra ótica submarino conectado com Cuba está em funcionamento. Isso significa que a Ilha, antes dependente da telefonia via satélite, poderá acessar a internet com mais facilidade e rapidez. O bloqueio dos Estados Unidos impedia que Cuba ligasse cabos a outros países.

O ministro venezuelano do Poder Popular para a Ciência, Tecnologia e Inovação, Jorge Arreaza, lembrou na quinta-feira, dia 24, que o projeto, que custou US$70 milhões, tem um ano e soma 600 quilômetros de cabo da Venezuela até a Ilha, tendo ainda outros 236 quilômetros até a Jamaica.

“Agora basta Cuba acionar o cabo. É um país soberano, eles decidirão quando isso irá acontecer”, sublinhou. Ele também destacou que a capacidade do cabo submarino é de 640 gigabytes por segundo. O projeto foi executado pela empresa francesa Alcatel-Lucent.

Em coletiva de imprensa em Caracas, Arreaza recordou que a Venezuela já tem conexão por meio dessa tecnologia com Colômbia, Brasil e o Caribe. “Na Venezuela, o cabo submarino nos permite novas conexões e alimentar as redes internas de fibra ótica.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário