quinta-feira, 7 de março de 2013

Filha de Raul Castro compara morte de Chavez com a de Che Guevara

 
Via EFE
 
A deputada Mariela Castro (foto), filha do presidente de Cuba, Raul Castro, comparou na quarta-feira, dia 6, a morte do presidente da Venezuela, Hugo Chavez, com a do guerrilheiro argentino-cubano Ernesto Che Guevara.
 
“Chavez realmente é um grande exemplo para as novas gerações. Eu o relaciono com a profunda dor que sentiu o povo de Cuba com o desaparecimento físico de Ernesto Che Guevara”, afirmou Mariela ao canal Telesur, com sede em Caracas.
 
“Quando da morte de Che, eu era uma menina, mas sempre, sempre a estamos vivendo como uma perda presente, mas também como uma inspiração para o futuro e isso é o que começa a acontecer [com Chavez]”, considerou a deputada.
 
Em 2011, o líder cubano, Fidel Castro, foi quem recomendou a Chavez que fizesse uma revisão de saúde depois de reclamar de fortes dores que o incomodavam há tempos.
 
Mais de 20 meses depois, Chavez faleceu na terça-feira, dia 5, em Caracas de um câncer que lhe levou a passar quatro vezes pela sala de cirurgia. O presidente venezuelano tratou a maior parte de sua doença em Havana, a última operação ocorreu em 11 de dezembro.
 
“Amanhã [6/3] em todo nosso país, o povo cubano fará uma grande demonstração de seu amor profundo, seu respeito e sua admiração por esse presidente valente”, considerou Mariela Castro.
 
Desde a chegada de Chavez ao poder, Venezuela e Cuba mantêm estreitas relações políticas e econômicas, que concretizam-se com o envio de Caracas a Havana de 100 mil barris diários de petróleo em troca de equipes médicas, educativas e esportivas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário