quinta-feira, 4 de abril de 2013

Porto Alegre: Cubana Mariela Castro participará de evento sobre sexualidade e homofobia

Filha do presidente cubano Raúl Castro estará no Brasil
ara participar de evento sobre educação e saúde sexual.
 
Sturt Silva, via Solidários
 
Organizado pelo Centro de Estudos e Orientação em Relações de Vida, o 1º Seminário Internacional Relações de Vida: Educação e Saúde Sexual – Experiências do Brasil e Cuba terá como pauta os programas regionais, nacionais (principalmente do Brasil e Cuba) e internacionais nas áreas de educação, saúde e orientação sexual.
 
O Seminário ocorrerá na sexta-feira, dia 5 de abril, com previsão de início para as 12 horas. Será realizado no Auditório do Ministério Público do Rio Grande do Sul, localizado na Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, 80, Porto Alegre (RS) e a entrada é franca.
 
Mariela Castro Espín palestrará a partir das 15h45min com o tema: Projetos de Educação Sexual e Ações contra Homofobia em Cuba. Além de presidir o Conselho Científico do Cenesex, Mariela é idealizadora do Programa de Educação Sexual nas instituições educacionais pré-escolares e organizou o sistema de pós-graduado em Sexologia e Educação Sexual em todas as universidades cubanas de Ciências Médicas.
 
Ela também coordena a campanha para a modificação no Código da Família que inclui a promoção ao respeito pela liberdade de orientação sexual, identidade de gênero e o reconhecimento do casamento homossexual.
 
Professora auxiliar da Universidade de Ciências Médicas Havana e professora auxiliar adjunta na Universidade de Ciências Pedagógicas é autora e coautora de mais de dez livros, publicados em Cuba e em outros países em diferentes idiomas, como: A transexualidade em Cuba (Havana: Editorial Cenesex, 2008); O que acontece conosco na puberdade? (Havana: Editorial Cenesex, 2012).
 
Desde 2012 é uma das 25 personalidades do grupo de trabalho de especialistas da ONU para o Congresso Internacional de População e Desenvolvimento e das Metas de Desenvolvimento para o Milênio. Seu trabalho tem sido reconhecido em diferentes cenários científicos, sociais e institucionais nacionais e internacionais. Recém-eleita deputada em Cuba é a principal porta-voz dos direitos dos homossexuais em Cuba.
 
Além de Mariela, outro cubano estará presente no evento. Trata-se do diretor científico do Cenesex, Ramón Pino Rivero, que também é um dos militantes da causa dos LGBTs em Cuba. Coordena as campanhas de combate à homofobia e é membro executivo da Sociedade Cubana Multidisciplinar para estudo sobre a sexualidade masculina, tendo em seu currículo diversos livros publicados e prêmios conquistados. Rivero falará sobre Família, Gênero e Saúde a partir das 15 horas.
 
 
Programação completa
 
12h – Credenciais
 
13h15 – Abertura do seminário
 
13h30- A visão das entidades e instituições parceiras
Ceorvi; Maria Berenice Dias; Governo do Rio Grande do Sul; Prefeitura de Porto Alegre; GHC
 
14h30 – Educação e saúde sexual no Brasil e America Latina
Educação Sexual no Brasil: Lúcia Pesca – Coord. Ceorvi
Saúde Sexual na América Latina: Ricardo Cavalcanti, presidente do Centro de Sexualidade de Brasília (Cesex) Salvador (BA)
Dr. Sidney Glina, presidente da Sociedade Latino-Americana de Medicina Sexual (Slams), São Paulo (SP)
 
15h – Família, gênero e saúde
Dr. Ramón Rivero Pino, chefe do Departamento de Docência e Investigação do Centro Nacional de Educação Sexual (Cenesex)
Andréa Alves, Ceorvi; Coord.: dr. Sidney Glina
 
15h45 – [Palestra principal] Projetos de educação sexual e ações contra homofobia em Cuba
Dra. Mariela Castro Espín, coordenadora do Centro Nacional de Educação Sexual (Cenesex)
Coord.: dr. Ricardo Cavalcanti.
 
17h30 – Debates
 
Com informações do site Relações de Vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário