segunda-feira, 29 de abril de 2013

Representantes de 73 países participarão do desfile do 1º de Maio em Havana

Julio Pérez
 
Mais de 2 mil líderes sindicais, organizações sociais e movimentos de solidariedade de 265 organizações de 73 países de todos os continentes confirmaram participação nas comemorações do Dia Internacional dos Trabalhadores.
 
O anúncio foi feito ao Granma por Raymundo Navarro, membro da Secretaria Nacional da Central dos Trabalhadores de Cuba (CTC), acrescentando que durante décadas tornou-se tradição o interesse do povo cubano em participar dessa grande festa.
 
Para eles, a presença no desfile central na Praça da Revolução José Martí, em Havana, que sempre começa às 7h30 da manhã, é de particular importância, uma vez que vai render homenagem especial ao eterno comandante presidente Hugo Chavez, o mais leal e querido amigo do povo cubano e de Fidel e, também, da Revolução Bolivariana, que continua avançando hoje sob a direção de Nicolas Maduro.
 
A partir das informações fornecidas, soube-se que essas pessoas são mobilizadas em Cuba não somente por meio da CTC e do Instituto Cubano de Amizade com os Povos (ICAP), mas também pela Assembleia Nacional do Poder Popular, pela União dos Jovens Comunistas (UJC), pela Associação Nacional de Pequenos Agricultores (Anap), pela Federação de Mulheres Cubanas (FMC), dentre outras organizações.
 
Neste ano, irão juntar-se ao povo cubano representações participantes do Grupo de Trabalho da Reunião do Foro de São Paulo, que acontece na segunda-feira, dia 29, e terça-feira, dia 30, na capital cubana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário