terça-feira, 4 de março de 2014

Carol Blythe Envia Carta a Obama


Carol Blythe


5 de Março de 2014

Presidente Barack Obama 
Casa Branca 
1600 Pennsylvania Avenue, N.W. 
Washington, DC 20500
Caro Sr. Presidente,


Durante as últimas duas décadas a Aliança de Batistas* tem vivenciado uma frutífera relação com a Fraternidade de Igrejas Batistas de Cuba. Esta relação inclui visitas de delegações oficiais de ambos grupos com a finalidade de participar de reuniões anuais e de outras atividades. Mais de duas dezenas de associações entre as congregações locais tem sido nutridas e apoiadas pela Aliança e pela Fraternidade, a maioria das quais continuam oferecendo uma forte evidência de benção e benefício mútuos.

Durante estes anos a Aliança tem feito repetidas declarações pedindo ao nosso governo que reexamine sua política de 50 anos de isolamento com Cuba e seu povo por meio de um bloqueio  econômico e restrições de viagem.
Reconhecemos que qualquer administração estadunidense está limitada no que pode fazer sozinha para acabar com o antiquado isolamento econômico e político com Cuba por parte de nosso país, dado que o Congresso deve abolir expressamente a lei Helms-Burton antes de que uma normalização das relações possa chegar a suceder. De nossa parte nos comprometemos com nossos contínuos esforços para isso, junto com os de muitos outros cidadãos.

Em uma viagem recente a Cuba, nossa Ministra de Relações Mútuas, a Reverenda Sra. Paula Clayton Dempsey, se reuniu com as esposas e mães dos "5 Cubanos", agentes de inteligência presos em 1998 e posteriormente condenados por conspiração para cometer espionagem, no que acreditamos que foram acusações duvidosas. A Reverenda Dempsey aclarou-se acerca da negativa de vistos por parte do governo dos Estados Unidos para que estas mulheres, em resumo, possam visitar seus esposos uma vez ao ano e que, em alguns casos, não são outorgados vistos para viajar. Estas ações não são coerentes com os altos ideais de nosso país.

Em 14 de abril de 2012, a Aliança de Batistas deu uma declaração onde faz um chamado a sua administração para empreender uma revisão exaustiva do caso dos “5 Cubanos”. Acreditamos que Os 5 Cubanos devem ser libertados pelo tempo que já cumpriram presos. Neste esforço, nos unimos a muitos respeitados indivíduos e organizações que pedem uma solução deste caso, incluindo o Presidente Carter, o Arcebispo Desmond Tutu e vários outros Prêmios Nobel; além da Comissão das Nações Unidas sobre Direitos Humanos e a Anistia Internacional.

Neste sentido, hoje lhe escrevemos para pedir que estes homens sejam indultados pelo tempo já cumprido, um ato que seria um primeiro passo para a restauração das relações com Cuba como um vizinho dos Estados Unidos. A libertação dos “5 Cubanos”, sem dúvida, ajudará na restauração das relações entre ambos países. Também acreditamos que tal passo poderia resultar na libertação e regresso de Alan Gross junto a sua família.

Junto com nossos irmãos e irmãs da Fraternidade de Igrejas Batistas de Cuba ansiamos por um novo dia nas relações entre os Estados Unidos e Cuba para o benefício mútuo dos povos de ambas nações soberanas.

Respeitosamente,

Carol Blythe
Presidente da Aliança de Batistas


*A Aliança de Batistas iniciou-se em 1987 como uma voz profética na vida dos Batistas. Hoje em dia, é uma comunidade de fé composta por homens e mulheres laicos e clérigos, pessoas de diversa orientação sexual, identidade de gênero, crenças teológicas e práticas do ministério.  São cristãos que se unem por amor a Deus, combinando estudos, oração e ação para buscar justiça e cura num mundo em mudanças. Em seu pacto de filiação se comprometem: a proclamação das boas-novas de Jesus Cristo e o chamado de Deus a todos os povos à fé, à reconciliação, à esperança e à justiça social e econômica.




5 de Março Twittaço pelos CINCO 

QUARTA-FEIRA 5 DE MARÇO ENVIE MENSAGENS PARA A CONTA DE OBAMA NO TWITTER: @BarackObama


#ObamaLiberalos5Ya! 
#ObamaFreetheFiveNow! 
#ObamaGivemeFive 
#ObamaGestoHumanitarioxlos5

Siga-nos no twitter: @thecuban5; @Madresdelos5 


OU COMUNIQUE-SE COM A CASA BRANCA E VENHA SOMAR-SE AO PEDIDO MUNDIAL PELA LIBERDADE DOS CINCO

               FORMAS DE SE COMUNICAR COM A CASA BRANCA:
Telefone: 202-456-1111 (Se não respondem, deixe uma mensagem na secretária eletrônica)
Se a chamada é originada desde fora dos EUA, marque o Código Internacional + 1 202.456.1111
Fax: +1- 202 456-2461
Correio postal:
Presidente Barack Obama
The White House
1600 Pennsylvania Avenue, NW
Washington, DC, 20500
  
Para conhecer sobre o caso dos  5 Cubanos visite: www.thecuban5.org
Siga-nos no  twitter e facebook 
FAÇA UMA DOAÇÃO para apoiar as campanhas do Comitê Internacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário